domingo, 23 de dezembro de 2012

Natal

Que todos possam praticar o Natal no seu sentido mais amplo.
Doação de amor, fraternidade, alegria, atenção, esperança presentes muito mais duradouros que qualquer outro presente material.
Sim, você pode fazer alguém feliz neste dia! Acredite.

sábado, 27 de outubro de 2012

Origami nas Bibliotecas de Botucatu

Desde o começo do mês de outubro os ramais da Biblioteca Municipal “Emílio Peduti” passaram a
receber oficinas gratuitas de origami destinadas para crianças a partir de 6 anos.
Os ramais estão distribuídos nos seguintes endereços: Conjunto Habitacional Humberto Popolo
(Cohab 1),na Rua Cônego Agostinho Culturato, s/nº; Jardim Bandeiras na Avenida Dr. Nahime
Zacharias, nº55; e na Vila dos Lavradores, na Rua Brás de Assis, nº121.
As atividades contam com a carga horária de duas horas e são ministradas pela artista plástica
Luciana Aliberti Miyashiro, na Biblioteca Municipal “Emílio Peduti”, no Centro de Botucatu.
O origami desperta nas crianças a sensação lúdica da descoberta e possibilita o aprendizado a partir
de formas tradicionais e básicas. Ele também estimula a memorização e a concentração de maneira
recreativa.
As oficinas são abertas para o público em geral e estudantes das escolas públicas e particulares.
Os interessados em participar podem procurar de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, a
Biblioteca Municipal “Emílio Peduti”.
Bom público
Segundo a monitora Elizabete Gonçalves, as atividades da oficina tiveram início no mês de agosto
no prédio da Biblioteca Municipal “Emílio Peduti” e contaram com a participação de mais de 140
crianças de cinco escolas e o público em geral.
“A mudança para as bibliotecas ramais dos bairros tem como objetivo movimentar mais estes
locais. Somente neste mês está previsto a participação de mais 140 crianças nas oficinas”, explica.
A monitora ainda informa que as escolas interessadas em participar das oficinas podem agendar
suas visitas nos ramais para o mês de novembro na própria Biblioteca Municipal.
Serviço
Biblioteca Municipal “Emílio Peduti”
Rua João Passos, 808 – Centro
Telefone: (14) 3882-9636
E-mail: biblioteca@botucatu.sp.gov.br
Ramais da Biblioteca Municipal recebem oficina de origami às crianças

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

domingo, 19 de agosto de 2012

Oficina Gratuita de Origami











Venha se divertir fazendo Origami, é toda sexta-feira até o final de setembro, das 15:00 às 17:00 horas na Biblioteca Municipal Emílio Peduti em parceria com a Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Botucatu.

Endereço:
Rua: João Passos, nº808 - Centro

Mais informações:

cultura@botucatu.sp.gov.br
fones: (14) 3882-0133 ou 3882-1489

Biblioteca Municipal Emílio Peduti
Fones: (14) 3882-9636 ou 3815-4887

domingo, 12 de agosto de 2012

Oficina de Origami



 
As oficinas de origami continuam por aqui. Já passei pelo Jardim Peabiru e Vila Real!
Semana qua vem começarei na Associação Sócio-Cultural Promessas do Bairro Itamaraty, e Centro. Logo passarei o endereço e horário.
Combine com os amigos e vamos dobrar!

Mais informações:
cultura@botucatu.sp.gov.br
fones: (14) 3882-0133  ou 3882-1489

contato@promessas.com.br
fones: (14) 3814-6139 ou 9756-4619

terça-feira, 3 de julho de 2012

Julho





















Oficina de Origami

gratuita
Toda quinta-feira das 14 as 16h
Na Associação Promessas em parceria com a Secretaria de Cultura de Botucatu

Rua: Dr. José Eduardo Alfred de Matos, 112
Jardim Peabiru

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Oficinas de Origami em Botucatu

Como sei que esta é a temática que mais tem visualização em meu blog, vai o convite a todos que curtem Origami e moram Botucatu. Estou ministrando Oficinas de Origami  pela Secretaria Municipal de Cultura. As Oficinas são rotativas e vão do básico ao avançado.
Comecei com uma turma na Associação Promessas de Botucatu, que fica no bairro dos Comerciários II, na Rua : ''D'' s/n.
Ainda dá tempo de você participar,a turma é eclética e animada, a gente se encontra aos sábados as 9:00h  e terças as 15:00
Logo darei outros endereços em que estarei dobrando .
Vamos dobrar Botucatu, pra esquentar as mãos !

domingo, 29 de abril de 2012

O rio

O rio agoniza mas não morre, nem tão pouco perde a sua beleza.
Todos os caminhos são cortados por uma ponte neste bairro da cidade onde nasci." Você deve atravessar a ponte", diz o título de um best-seller, eu faço isso todos os dias. Em alguns trechos casas quase desmoronando pela encosta , noutros um beija-flor. O rio continua seguindo o seu curso, cumprindo a sua função natural sendo levado pela correnteza. Aguenta crendices há décadas: espelhos quebrados, santos sem cabeça,  lixo de preguiçosos . As pessoas acham que tudo o rio pode levar e lavar...
Meu tio de 94 anos pescava e nadava neste rio, algo que eu quando criança já não pude experimentar. Gostaria que pelo menos o lixo deixasse de ser jogado e recuperassem as margens, com árvores nativas, protegendo a área de manancial. Gostaria de poder cheirá-lo!
O homem não tolera a natureza, quer aterrar o rio fazendo mais estacionamentos e ruas para os carros.
Não precisamos de estacionamentos, nem de mais carros, precisamos proteger o que realmente importa, a água , a natureza.
Quando é que as pessoas também vão atravessar essa ponte?
A cidade é Botucatu e o rio, Lavapés.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Grande mestre do Origami moderno

Akira Yoshizawa, mestre e pioneiro do origami moderno.

O mestre aprendeu sozinho a montar as artes  / Reprodução/ Google

     

O Google homenageia Akira Yoshizawa, mestre do origami, que completaria 101 anos de idade nesta quarta-feira. Hoje também é o sétimo ano de falecimento do japonês.

O doodle do artista traz letras de seu logotipo feitas de origami: técnica de dobrar uma peça de papel criando representações de determinados seres ou objetos, sem cortá-la ou colá-la.

Yoshizawa criou mais de 50 mil modelos de origamis e também foi pioneiro em muitas técnicas. O mestre da arte cultural, que nasceu em Kaminokawa, no Japão, aprendeu sozinho a montar as artes.

Após ficar conhecido pelo seu talento e contribuir com a cultura do país, Yoshizawa atuou como embaixador cultural do Japão. Em 1983, o imperador Hirohito o honrou com a ‘Ordem do Sol Nascente’, uma das maiores honrarias destinadas aos cidadãos japoneses.

Arte na vida de Akira Yoshizawa

O mestre dos origamis nunca quis vender as suas figuras. Ele fazia doações e presenteava as pessoas. Além disso, Yoshizawa emprestava os origamis para exposições no Japão e outros países.